Enquanto as empresas fazem altos investimentos no treinamento e desenvolvimento de líderes, especialistas apontam a falta de lideranças sólidas como uma das tendências globais para os próximos anos .

Essa contradição pode ser fruto de um desequilíbrio na distribuição de investimentos entre os níveis gerenciais e não necessariamente de uma falta real de líderes competentes no mercado, já que o investimento em programas de treinamento para gestores sênior costuma ser mais valorizado do que os níveis iniciais de liderança nas organizações.

Investir na formação de líderes em todos os níveis gerenciais pode ser uma importante vantagem competitiva e pode assegurar a construção de uma cultura sólida de liderança.

Fontes: Harvard Business Review e Bersin